Bonecos Gigantes de Olinda

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

5 Museus do Brasil que você precisa conhecer.


5 Museus do Brasil que você precisa conhecer.


Você saberia dizer onde estão as principais obras de arte do mundo? E no Brasil, você sabe? No nosso país, cidade e arte estão mais ligados do que você imagina. Apesar de valer muito a pena visitar grandes museus no mundo, no Brasil há vários para você sair de lá com uma riqueza em cultura, arte e etc.
São museus modernos, interativos ou que abrigam relíquias da nossa história. Pretende viajar para algum lugar do Brasil nos próximos meses? Então fique de olho na lista abaixo. Quem sabe o local não está na lista? Assim você não perderá a chance de conhecer um museu brasileiro. Confira!


1: Pinacoteca, São Paulo
Se você pensa que vai a São Paulo apenas conhecer a Avenida Paulista, se engana. A cidade possui uma riqueza incomparável quando falamos de arte. Bem no coração de São Paulo, no Jardim da Luz, você encontra a Pinacoteca.
O local fica sediado em um edifício do ano de 1900, que foi projetado por Ramos de Azevedo e Domiziano Rossi. A Pinacoteca possui um dos maiores acervos de arte brasileira. São mais de dez mil peças.
O lugar também abriga a Coleção Brasiliana, com trabalhos de artistas estrangeiros que atuam no Brasil. Se você passar por lá, você também tem a oportunidade de conhecer um conjunto de obras do modernismo brasileiro.


2: Oscar Niemeyer, Curitiba
Esse museu pode ser definido com uma mistura de arte e arquitetura. O local foi projetado por Oscar Niemeyer. O primeiro prédio foi construído em 1967 e o segundo bem no início dos anos 2000. O local conta com um rico acervo de arquitetura, artes visuais e design.


3: Museu do Amanhã, Rio de Janeiro
Rio de Janeiro é uma cidade bastante conhecida por suas praias e eventos badalados. Mas, a cidade também é palco de cultura e abriga o Museu do Amanhã, projeto arquitetônico do espanhol Santiago Calatrava. O local foi construído do lado da Praça Mauá para ser um museu de artes e ciências.
O museu se destaca por conta do seu acervo principal de uma exposição digital. A exposição foca mais em ideias do que em objetos. Além disso, conta também com mostras que falam sobre as mudanças climáticas, colapso social e degradação ambiental.
O destaque do Museu do Amanhã se dá justamente por isso: pelas suas escolhas sustentáveis.
Museu do Amanhã - RJ


4: Inhotim, Minas Gerais
Inhotim fica em Brumadinho, cidade de Minas Gerais. O local é considerado o maior centro de artes ao ar livre da América Latina. Bem na Mata Atlântica, o museu é a céu aberto e conta com jardins, galerias, intervenções no meio da natureza e edifícios.
Além disso, no local você também encontra cinco lagos ornamentais com 3,5 hectares de espelhos de água. São 170 obras de exposição e 98 bancos do designer Hugo França. Os bancos foram feitos de raízes e troncos do pequi-vinagreiro, uma árvore bastante comum na Mata Atlântica.
Mas não se preocupe. A Mata não foi desmatada para a confecção dos bancos. Tudo foi criado a partir de troncos e raízes que foram encontrados caídos ou mortos pela floresta.


5: Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, Rio Grande do Sul
Que tal fecharmos nossa lista com uma exposição bem interativa localizada em Porto Alegre? Desde 1998, o museu é considerado um dos maiores museus interativos de ciências naturais da América Latina.
Quem o visita, pode participar de atrações, fazendo experimentos sobre a Terra, o Universo, o Ambiente e o Homem. O local conta com mais de 700 experimentos. Uma arte diferente de ser vívida.


Espero que você tenha gostado de “viajar” pela cidade e arte que existe no nosso país. Que tal passar por uma dessas exposições quando você for montar o seu próximo roteiro turístico? Acredite, você não vai se arrepender.

Veja também:


sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Smart City: Cidades Inteligentes no Brasil e o uso de Tecnologia

A tecnologia evolui continuamente e agora está tornando nossas operações “mais inteligentes”. Precisamos ver cidades inteligentes no Brasil. Tecnologia de hoje nos trouxe termos como Internet das Coisas e Cidades Inteligentes - conceitos centrados em tecnologia e sua entrega. 


Smart City: As Cidades Inteligentes


Estacionamento inteligente, iluminação pública inteligente, construção inteligente, espaço inteligente, estes são alguns dos elementos que se enquadram nesta categoria de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e visitantes. Cidades Inteligentes tornaram-se um mecanismo para tentar impulsionar o desenvolvimento econômico e atrair visitantes. 

O mesmo acontece com o Internet das coisas, outro termo usado para tecnologia, que coleta dados que podem fornecer serviços aprimorados, incluindo sensores, carros conectados, gerenciamento de ativos e outros pode melhorar eficiências e potencialmente economizar dinheiro. Cidades inteligentes geralmente têm uma forma de mecanismo de engajamento onde os cidadãos podem participar do governo. Isso pode ser na forma de fornecer feedback, emitir ordens de serviço e / ou compartilhar informações sobre serviços e eventos da cidade tais como fechamentos de estradas ou horários de feriados para serviços municipais, bem como outras formas de participação que pode ser alcançada por aplicativos móveis e / ou recursos do site. Além do que, além do mais, algumas comunidades implementaram o uso de drones ou tecnologia 3D para fornecer valor adicional às suas iniciativas de “Cidade Inteligente”.

Exemplos de cidades inteligentes no Brasil

Infelizmente, aqui no Brasil, o conceito de cidades inteligentes ainda não é muito comum. Porém, em outros países, várias cidades já começaram a implantar tecnologias inovadoras podem aumentar a qualidade de vida dos habitantes, uma vez que tornam as operações urbanas mais eficientes, ou seja, são cidades que usam soluções pensando nos moradores, na melhoria do dia-a-dia, usando a tecnologia e outros recursos disponíveis. 

Mas, mesmo o conceito de cidades inteligentes não sendo muito usado no Brasil, há várias cidades no nosso país com projetos interessantes.

Abaixo você conhecerá algumas das cidades brasileiras que aplicaram algumas alternativas inteligentes com uso de tecnologia. 


Smart City Laguna é um exemplo, no Brasil, de cidades inteligentes 

A cidade se localiza no distrito de Croatá, município de São Gonçalo do Amarante, no Ceará. O local foi projetado sobre quatro vertentes: sistemas tecnológicos, ambiente construído, recurso do ecossistema e pessoas. 
Por conta disso, Laguna se torna uma proposta única de cidade inteligente, uma vez que ela foi pensada para ser uma cidade inclusiva e acessível. A cidade deverá possuir áreas residenciais que ficam próximas dos comércios e empresas. Com isso, os deslocamentos diários são minimizados. 


Cidades inteligentes no Brasil
Laguna
A cidade conta ainda um aplicativo que serve para simplificar a vida dos habitantes. Os moradores recebem informações detalhadas sobre os gastos da sua casa e também sobre tudo que é consumido na manutenção da cidade. 


Cidades com projetos inteligentes e uso de tecnologia

Barueri é se destaca no quesito economia 

A cidade é um polo de empregos nos setores de negócios, serviços, logística e indústria e merece destaque por ser a primeira cidade a possuir toda a sua distribuição de energia formada por redes inteligentes. Isso se deve ao projeto da Eletropaulo, sistema Smart Grids.
Um dos principais benefícios do projeto, é que os moradores da cidade sabem o quanto consumiram no mês na sua casa, comércio, empresa ou outro imóvel. O Smart Grids também possui um controle remoto de aparelhos eletrônicos, que podem ser ligados ou desligados mesmo de longe. 
Essa é uma excelente forma de economizar energia, já que o morador pode desligar aparelhos que ficaram ligados na sua casa ou na sua empresa. A ideia é de que o sistema seja implantado em toda a cidade até 2019. 

A cidade também já implantou o Detecta, um projeto do Estado que tem o objetivo de monitorar crimes e combater a violência. Com o sistema, é possível disparar alarmes em determinadas situações. 
Já na área da saúde, foi implantado o Sistema de Inteligência a Serviço de Saúde. Várias soluções inteligentes devem ser instaladas na cidade com o funcionamento desse sistema. Uma delas é o prontuário eletrônico do paciente, mais rápido e podendo ser acessado de qualquer unidade de saúde da cidade. 

Rio de Janeiro destaque com centros de tecnologia e inovação 

Instituições que apoiam a tecnologia, excelente infraestrutura das instituições de ensino superior e ambientes que são favoráveis à inovação, como o CENPES e a COOPE. Isso faz com que a cidade se destaque foco na tecnologia e inovação nestes ambientes. 

São Paulo e o empreendedorismo 

A cidade conta com o Programa Empreenda Fácil, que permite diminuir em sete dias o tempo gasto para abrir uma empresa. No critério de empreendimento, São Paulo fica na frente de outras capitais brasileiras. 

Belo Horizonte possui destaque positivo para sustentabilidade 

A cidade também é conhecida por “cidade jardim”. Isso porque ela possui ótimos índices de Saneamento Básico e coleta pública de lixo. A cidade mineira também recebe o título de “capital solar do país”, já que usa essa energia no estádio do Mineirão. 



4 características que as Cidades Inteligentes devem ter

Com a crescente sofisticação dos avanços tecnológicos, a tecnologia tornou-se mais importante e proeminente em nossas vidas cotidianas. Um influxo contínuo de recursos, funções e serviços, tanto online quanto em dispositivos pessoais, nos tornam cada vez mais conectados. O avanço de tecnologias de celular, melhores serviços aos cidadãos, texto, e-mail, bate-papos, aplicativos de vídeo e dispositivos tecnologias tornam possível estar em contato um com o outro em praticamente qualquer local. A tecnologia tornou-se uma necessidade. Em nosso mundo conectado, é essencial ter certeza de que a tecnologia não está apenas disponível, mas também segura e econômica; com as expectativas de hoje para acesso instantâneo e estabilidade confiável, pode ser difícil encontrar um equilíbrio, mas a tecnologia pode ser uma ferramenta estratégica que pode ajudar as cidades a fornecerem serviços necessários aos seus cidadãos.

1. Fornecimento de serviços com tecnologia


Muitas cidades usam a tecnologia para envolver e transmitir informações importantes para os bem como oferecer muitos serviços que afetam sua vida cotidiana. A tecnologia é uma espinha dorsal para fornecimento de serviços como estradas seguras e bem conservadas, livres de lixo e detritos e luzes de rua que ajudam o fluxo de tráfego e a qualidade do ar. Afeta a segurança pública, assegurando a polícia e o fogo pode responder a emergências e outros incidentes em tempo hábil - o que pode salvar vidas.

2. Disponibilização de serviços on-line


A tecnologia fornece uma conexão aprimorada e mais pessoal para o alcance e envolvimento com os cidadãos. Além disso, contribui para a água limpa e segura e muitos outros serviços necessários que não pensamos no dia-a-dia. A tecnologia tornou-se não apenas uma conveniência, mas também uma necessidade pessoal para nossos residentes. Serviços incluindo permissão on-line, pagamento de contas de serviços públicos, localização de ônibus, informações de uso de água, serviços de estacionamento, segurança pública e outros, todos desempenham um papel na qualidade vida. Como resultado, é muito importante que os provedores de serviços se preocupem em garantir que sistemas estão a funcionar de forma eficiente, eficaz e segura, de modo a que as necessidades dos sejam contempladas. Não é mais uma expectativa de que essas tecnologias estejam disponíveis; isto é uma expectativa de que elas funcionem bem continuamente. Além disso, o cenário cibernético de hoje inclui um número crescente de ameaças a cidades que precisam ter cuidado para garantir que as salvaguardas adequadas estejam em vigor para proteger os sistemas. A segurança é uma provisão que não pode ser negligenciada, mas muitas organizações não têm disposições necessárias no lugar - é uma reflexão tardia.

Em média, as cidades gastam 2,5% a 3% de seus orçamentos globais em tecnologia; eles devem garantir que a tecnologia implementada é rentável, fornece os serviços adequados e que os impostos dos contribuintes não são desperdiçados.


Varsóvia

3. Uso de Computação na Nuvem (nuvem digital )


Muitas cidades incorporaram a computação em nuvem e / ou ofertas hospedadas como parte de suas operações. A computação em nuvem, onde faz sentido, pode oferecer economia de custos, facilidade de acesso e oportunidades para ser ágil. Dito isso, nem todas as ofertas de nuvem são medidas de economia de custos, portanto, a organização precisa avaliar cuidadosamente os custos com os benefícios de migrar para a nuvem e / ou manter suas operações internamente. Existem prós e contras de tudo. Sabendo que a computação na nuvem para uma cidade ou organização depende não apenas dos recursos e ofertas de serviços, mas também todos os custos e considerações, como segurança, disponibilidade e reputação do provedor. Um tamanho faz não serve para todos.

4. Tecnologia como investimento


A tecnologia precisa ser considerada por qualquer organização. Tradicionalmente, é frequentemente considerado uma necessidade operacional, operando nos bastidores ou como uma reflexão tardia. No entanto, deve ser um parte integrante das operações de qualquer organização. A espinha dorsal de muitos serviços, pode aumentar eficiências e potencialmente gerar receita - deve ser considerado de extrema importância. A tecnologia deve ser considerada um investimento no bem-estar da comunidade e dos cidadãos considerando aspectos como:

  • energia solar  
  • mobilidade urbana 
  • internet das coisas 
  • energia eólica 
  • economia verde 
  • coesão social 
  • planejamento urbano 
  • outros


 De fato, a tecnologia deve ser considerada uma ferramenta estratégica, inserida no contexto do planejamento de cada cidade do futuro.

Veja também:



O que fazer na noite paulistana? Confira nossas dicas.

O que fazer na noite paulistana? Confira dicas no nosso guia 


Ao contrário do que se pensa, a agitação de São Paulo não acaba quando o sol se põe. Mas, o que fazer na noite de São Paulo? A cidade conta com vários atrativos locais, para quem quer continuar aproveitando o dia depois que a lua aparece. 
E acredite, São Paulo é capaz de agradar a todos. Baladas, bares, ruas movimentadas... Com tantas opções diferentes fica difícil escolher o que fazer. Mas não se preocupe. A gente de ajuda. Abaixo você confere dicas para você fazer um roteiro noturno pela capital paulista. E tem para todos os gostos! 

O que fazer na noite paulistana? Confira dicas no nosso guia
Por The Photographer - Obra do próprio, CC0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=33436528


O que fazer na noite de São Paulo – dica 1: assistir um filme no Cinesala 

O Cinesala foi eleito um dos cinemas mais confortáveis da cidade e é conhecido por sua diversidade de filmes e públicos. O local não apenas promove a disseminação do cinema, como também um encontro interativo das pessoas com a arte e a cultura. 
Se você deseja conhecer um cinema de rua da cidade de São Paulo ou fazer um programa diferenciado a dois, o Cinesala é uma excelente opção. 

O que fazer na noite de São Paulo – dica 2: se aventure na Casa de Pedra 

Se você é aquele tipo de pessoa que gosta de se aventurar, então você precisa conhecer a Casa de Pedra. O local é conhecido como o maior ginásio de escalada da América do Sul. 
Dentro do local há como experimentar várias modalidades, como escalada guiada, top rope e bolder. A estrutura da Casa de Pedra conta com mais de 30 paredes para o público e também uma casa de musculação. 

O que fazer na noite de São Paulo – dica 3: curta o Mirante 9 de Julho 

O Mirante 9 de Julho é um local ideal para quem ama cultura, arte e música. O Mirante não é apenas um monumento histórico recuperado. O local também conta com cafeteria, restaurante e um espaço cultural. Dessa forma, se tornou ponto de encontro para moradores, trabalhadores, turistas e curiosos. 
Se você quer fazer um programa bem legal no Mirante, experimente curtir o Cinema ao Ar Livre. A tela é aberta ao público e as poltronas são a escadaria. Quem ama a sétima arte, com certeza não pode perder esse passeio. 

O que fazer na noite de São Paulo – dica 4: que tal tomar bons drinks? 

Se tem uma coisa que tem de sobra na noite paulista é bares com ótimos drinks. A nossa recomendação é você conhecer o SubAstor. Esse é um bar instalado no subsolo do boteco Astor, na Vila Madalena. 
O destaque desse bar fica por conta dos mais de 40 drinks oferecidos pelo lugar. Além disso, o ambiente é sofisticado e bem descolado. No som, você vai escutar um bom jazz, rock e soul. 
A dica é chegar cedo para conseguir se sentar no balcão ou em uma das mesinhas. Assim, você consegue ver (de camarote) o barman preparando as bebidas. 

O que fazer na noite de São Paulo – dica 5: veja a cidade do alto 

Se você quer jantar em um bom local e ter como vista a cidade de São Paulo, pode ir até o Edifício Itália. O prédio fica localizado no centro de São Paulo. Em um dos últimos andares, há um dos renomados e conhecidos restaurantes da cidade: o Terraço Itália. 
Mas, se você quiser ir apenas curtir a cidade vista de cima, não tem problema. Você pode ir também. Não é obrigado você jantar no local. Isso porque, no 41° andar há um Mirante que é aberto ao público. Pagando um valor de cerca de 30 reais, você aproveita a vista da cidade e ainda tira várias fotos. 
Um prato cheio para quem quer fazer um passeio diferente sem precisar gastar muito. 

Agora você já sabe o que fazer na noite de São Paulo. Qual das nossas dicas você mais gostou? Viu só como tem para todos os gostos? Agora é só escolher o seu passeio preferido e curtir a noite paulista. Até mais! 

Veja também

7 Blocos de rua do Carnaval do Rio de Janeiro

7 Blocos de rua do Carnaval do Rio de Janeiro


Carnaval de rua no Rio de Janeiro é o que não falta, não é mesmo? Há tanta coisa para aproveitar na cidade que fica difícil escolher. Mas, e quando se trata do Carnaval da cidade carioca? O que fazer? Se você não sabe, a gente conta para você. 

Passar o Carnaval no Rio de Janeiro é sinônimo de folia, diversão e uma experiência incrível na vida dos foliões. Para a nossa alegria, o Rio de Janeiro é cercado de bloquinhos de rua para que você possa aproveitar o Carnaval. 
Você pode até aproveitar os desfiles das Escolas de Samba. Mas, se a sua vibe é curtir os blocos de rua, saiba que o Rio de Janeiro não decepciona. Abaixo você confere os melhores blocos de rua do carnaval do Rio de Janeiro. No fim do post, você vai estar querendo conhecer todos. Acompanhe! 


No carnaval de rua o que você pode fazer na cidade maravilhosa?
Para os amantes da folia, o turismo no Rio de Janeiro não decepciona no carnaval. São mais de 400 blocos de rua espalhados pela cidade para que você aproveite os vários dias de festa. 
E como era de se esperar, há vários blocos de ruas bem tradicionais. Um deles é o Bloco das Carmelitas e o Cordão da Bola Preta. Mas não para por aí. São sete áreas diferentes que os bloquinhos de rua costumam desfilar. 

  • Zona Norte 
  • Centro 
  • Zona Sul
  • Barra/Jacarepaguá 
  • Zona Oeste 
  • Grande Tijuca 
  • Ilha do Governador 


Resumindo: você pode aproveitar a folia de qualquer parte da cidade. Se você pretende fazer turismo no Rio de Janeiro no carnaval do ano que vem, veja abaixo as melhores opções para você aproveitar a festa. 

Bloco - Simpatia é quase amor 

Normalmente, o bloco Simpatia é quase amor se reúne na Zona Sul da cidade. Esse é um dos blocos mais tradicionais do Rio de Janeiro. São milhares de pessoas reunidas nas principais ruas e avenidas de Ipanema. Conta com várias músicas e um trio elétrico que toca clássicos para animar a multidão. 

Bloco - Sargento Pimenta 

Esse é outro bloquinho bem tradicional do Rio de Janeiro, também da Zona Sul. O bloco mistura clássicos de samba com clássicos dos Beatles. Imperdível, não é mesmo? Tudo começou em 2011 e a febre foi tanta que o bloco carioca se apresenta até em São Paulo. 

Bloco - Bangalafumenga 

Esse é mais um bloquinho que ganhou fama dentro e fora do Rio de Janeiro. O bloquinho de rua foi criado em 1998 e é conhecido por promover fusões de samba e funk. Mas não se preocupe, o bloco também toca vários outros ritmos brasileiros. 

Bloco - Não deixe o rock morrer 

Quem foi que disse que você precisa abandonar o rock nos dias de folia no Rio de Janeiro? Para quem gosta desse estilo musical, pode aproveitar o bloco “Não deixe o rock morrer” que aposta no bom e velho rock, sem misturar batidas e ritmos. 
O diferencial desse bloco é que os arranjos são bem próximos dos originais, sem marchinhas. Pearl Jam, Rolling Stones e Nirvana são algumas das várias bandas homenageadas durante os dias de folia. 

Bloco - Diversão Brasileira 

Esse é um bloco de rua que anima a multidão com vozes bem conhecidas pelas pessoas. Isso porque, o bloco foi criado por famosos dubladores. Quer um exemplo? O fundador do bloco é Rodrigo Antas, que possui a voz brasileira do querido personagem Bart Simpson. 

Bloco - Toca Rauuul 

Quem não se lembra da frase clássica que foi dita várias vezes em shows de rock? Por causa disso, a frase virou nome de um dos bloquinhos de rua do Rio de Janeiro que homenageia o Raul Seixas. 
Durante a folia do bloquinho de rua, são tocados clássicos do cantor, embalados por reggae, funk, ska, maracatu e baião. 

Bloco - Marcha Nerd 

Quem é fã de quadrinhos, tecnologia e jogos eletrônicos e gosta de curtir o carnaval, pode aproveitar com esse bloquinho de rua. Ele é famoso por misturar samba e a cultura nerd. 
Os integrantes do bloco saem fantasiados de super-heróis, embalados pelas trilhas de séries como Dragon Ball Z, Pokémon e Power Rangers. Tudo tocado em versão de marchinha e samba. 

Viu só como fazer turismo no Rio de Janeiro no carnaval é tudo de bom? Agora é só escolher um bloquinho para chamar de seu e cair na folia. Aproveite e deixa nos comentários uma dica de Bloco de Rua do Rio. Até mais!

Veja também:

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Bonecos Gigantes de Olinda

Hello! Nesta postagem vou registrar algumas fotos de um dos momentos de minha passagem por Olinda, Pernambuco PE. Visitei uma exposição da Casa dos Bonecos Gigantes, por Sílvio Botelho. Os Bonecos Gigantes de Olinda marcam a história da Cidade, principalmente no carnaval em que um dos eventos mais marcantes é o encontro dos Bonecos Gigantes de Olinda. No atelier você pode ver como são feitos os Bonecos de Olinda.

Alguns Bonecos são verdadeiros patrimônios culturais como o Homem da Meia Noite. Se você for a Pernambuco não deixe de visitar uma exposição ou museu dos Bonecos Gigantes de Olinda ou o desfile dos Bonecos Gigantes no carnaval.


Exposição Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda

Exposição Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda
Exposição Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda - Foto by rgomes


Exposição Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda
Exposição Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda - Foto by rgomes

Veja também:

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Dicas sobre a Decoração do Natal Luz em Gramado

Saudações aos leitores do Blog! Nesta postagem faço alguns registros da decoração do natal luz em gramado. Devo ressaltar que as fotos foram feitas de celular. Estivemos em Gramado, Rio Grande do Sul - RS no verão de 2018 e foi possível aproveitar para curtir a programação do Natal Luz na Cidade. A decoração é bonita e o clima em gramado estava agradável. A cidade tem diversos pontos turísticos. Confira!


Admirando a Decoração do Natal Luz em Gramado 



Ruas de Gramado

Decoração do Natal das Luzes em Gramado - Ao fundo Catedral - Foto by rgomes direitos reservados 


Fábrica de Fantasia

Fotos Natal Luz Gramado - Fábrica de Fantasia - foto by rgomes

Catedral

Catedral de Gramado - Foto by rgomes - direitos reservados


Show de acendimento das Luzes de Natal


Personagens mágicos trabalham em uma usina responsável por acender a cidade de Gramado e ligar o Natal. Há interação com público busca muita força de vontade e a participação da platéia. De acordo com o enredo somente o pensamento positivo de muitas pessoas ao mesmo tempo é capaz de gerar a energia necessária para que as máquinas da usina se liguem. 

No entanto, isso pode não ser suficiente, talvez ainda seja necessária a ajuda de alguém muito especial...Papai Noel que, quando ele chega, a magia finalmente acontece em sua plenitude e as luzes iluminam a avenida, iluminam a Igreja e a grande Árvore de Natal...uma música envolvente começa a tocar e a cidade é inundada com espírito natalino.

O espetáculo é aberto ao público e gratuito, com duração de cerca de 20 minutos, ocorre sempre ao entardecer. Reúne milhares de pessoas a cada apresentação, ao longo dos 81 dias do Natal Luz. Outubro, Novembro, Dezembro/2018 e Janeiro/2019 às 20:30. Confira as informações aqui.


Decoração - Fabricarvore

Natal das luzes Gramado - Decoração - Foto by rgomes



Saiba mais...

Desfile no Natal Luz de Gramado


A festa também apresenta um Grande Desfile de Natal com uma sequência de alegorias que representam todos esses sentimentos, embalados por muita música natalina. Geralmente, os desfiles são animados com acrobatas, bailarinos, patinadores, atores e atrizes e efeitos especiais com interações com o público preparam o momento apoteótico esperado por todos.

Natal pelo Mundo


Outro evento que marca as festas natalinas em Gramado é a história de  Sofia, a menininha que  quando criança conheceu a fábrica do Papai Noel, agora comemora mais um aniversário! Sofia e seus amigos da fábrica do Papai Noel partem numa aventura encantada para conhecer as tradições de Natal do mundo todo.

Outro eventos

Natal em Cordas


O “Natal em Cordas” é um espetáculo folclórico Natalino, que existe desde 2009, e já foi apresentado em vários municípios do sul do Brasil. 




Fica a dica: aproveite a programação Natal Luz em Gramado e curta o show de luzes que ilumina a cidade neste período. Informe-se no site da Prefeitura quando inicia o natal luz e quando termina, agende sua viagem. A cidade de gramado tem uma grande rede hoteleira com hotéis e pousadas dos mais diversos estilos.



História

Para os pesquisadores Lucia Del Carmen Campillo Crosdales e Edegar Luis Tomazzoni "O objetivo inicial da criação do Natal Luz, em 1986, não era exatamente reduzir a sazonalidade do turismo, cuja baixa temporada ainda não era significativa. Com o decorrer do tempo, a Prefeitura Municipal e a iniciativa privada, investiram no potencial de Gramado, vislumbrando no Natal Luz a estratégia para manter o desempenho do setor. O evento inspirou outros municípios, como Canela, a também desenvolver suas festas natalinas, o Sonho de Natal, celebrado anualmente. O Natal Luz mantém-se, entretanto, como um dos maiores e mais famosos eventos do gênero do país. Entre os fatores do sucesso do Natal Luz - que reuniu mais de 800 mil turistas nas edições de 2008 e 2009 - destacam-se as relações harmoniosas e produtivas entre os atores responsáveis pela realização do evento". 


Veja também

3 Praias de Arraial do Cabo

Praias de Arraial do Cabo. Nesta postagem resolvi fazer uma compilação das praias de Arraial do Cabo quando estivemos na Região dos Lagos no Rio de Janeiro. Confira!

3 Praias de Arraial do Cabo

  • Praia do Forno
  • Prainha
  • Praia dos Anjos

1. Praia do Forno

Praia do Forno é uma das praias de A rraial do Cabo mais paradisíacas e belas. Pois é, fui lá. A Praia é localizada na Reserva da Praia do Forno com vista para a Ponta de Mergulho Pedra Preta (famoso local de mergulho). Uma das coisas mais marcantes da Praia, além de sua beleza, é a trilha para chegar até ela, mas também pode ser acessada via barco.

Praias de Arraial do Cabo
Praia do Forno - Foto by rgomes direitos reservados



2. Prainha.


Uma das praias mais lindas de Arraial do Cabo na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro. Tem vista para o município de Cabo Frio e Búzios. Nesta praia encontramos uma parte urbanizada, com casas e condomínios e uma parte mais deserta.

Praias de Arraial do Cabo
Prainha - Arraial do Cabo - Foto by rgomes



3. Praia dos Anjos

Praia dos Anjos (onde se localiza o Porto do Forno). A Praia se localiza em uma região mais urbanizada e povoada. Deste local partem os passeios de Barco e onde encontramos os melhores restaurantes e pousadas da região.

Praias de Arraial do Cabo
Praia dos Anjos - Foto by rgomes - direitos reservados


Veja também
Tecnologia do Blogger.